RESULTADO DE BUSCA
NEUROCIÊNCIA E EDUCAÇÃO INCLUSIVA: UMA PROPOSTA DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES
Autor Principal: Carolina Magro de Santana Braga        Co-autores: Fabiana Maris Versuti-Stoque
Resumo: A inclusão tem sido uma política pública relevante para a educação. Contudo, a avaliação de sua efetividade ainda necessita de maiores investigações. O papel do professor como agente principal na inclusão tem sido amplamente discutido. No âmbito da formação continuada de professores a temática da inclusão é abordada de forma superficial. O objetivo do presente estudo foi relatar a experiência de treinamento realizado com professores em educação inclusiva, utilizando conceitos do funcionamento neuropsicológico e funcionalidade. Foi realizada formação com 50 professores de duas instituições de ensino privadas que atendem desde a Educação Infantil até o Ensino Fundamental. Foram ministradas dezesseis horas de treinamento, com aulas expositivas e práticas de estudo de caso. Como referencial teórico foram abordados conceitos básicos do funcionamento cognitivo e definição de funcionalidade. Além disso foram apresentadas as características de diversos Transtornos do Neurodesenvolvimento. Após o treinamento foi possível notar mudança na percepção dos professores acerca dos estudantes em inclusão, através de relatos espontâneos. Cabe ressaltar que este trabalho apenas descreve a formação realizada, sendo necessário novos estudos para sistematizar a metodologia de ensino. Além disso, faz-se necessário avaliar a percepção dos professores acerca de estudantes público-alvo da educação especial antes e após a realização da formação para verificar a efetividade desta forma de treinamento.,
Palavras-chave: educação inclusiva. treinamento. neurociência
Modalidade: Pesquisa em Andamento Eixo: Eixo 6 - Políticas e Práticas na Educação Especial

Estatísticas:
8
acessos
6
downloads
0
citações

Ações:
Download

BibTex

Compartilhar



FALE CONOSCO